sexta-feira, 20 de setembro de 2013

LOAS BENEFÍCIO

Benefício ao deficiente pode ser pago a mais de um membro da mesma família

Imagem
Conhecido como Loas, o Amparo Assistencial ao Idoso ou Deficiente, é concedido pelo Governo Federal e pode ser solicitado nas agências da Previdência Social. O valor é de um salário mínimo. O que muita gente não sabe, entretanto, é que famílias com mais de um membro deficiente podem solicitar o benefício para cada um deles.
O amparo assistencial é pago a crianças de zero a doze anos de idade e a adolescentes entre doze e dezoito anos, portadores de deficiência incapacitante para a vida independente, que vivam sob os cuidados dos pais, familiares ou de instituições públicas e privadas.
Para ter direito ao auxílio financeiro do Governo Federal, é preciso comprovar carência econômica, ou seja, renda familiar que não ultrapasse um quarto do valor do salário mínimo na ocasião do requerimento. A renda familiar é calculada de acordo com o número de pessoas que vivem sob o mesmo teto.
Para comprovar que a criança ou adolescente têm deficiência incapacitante, é preciso apresentar parecer do Serviço Social e da Perícia Médica que comprovem. No caso de mais de um membro da mesma família, os laudos e pareceres devem ser separados: um para cada membro com deficiência.
Veja mais instruções sobre como solicitar o Amparo Assistencial em http://www.previdencia.gov.br/conteudoDinamico.php?id=665

8 comentários :

  1. Meu filho e autista,ele resebe um salario minimo eos gastos com ele ultrapassa o valor que ganha,porque ,se eu fichar a minha carteira profisional ele perde o benefisio,so quero poder dar uma condiçao melhor pata meu filho.obrigado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Procure a Defensoria Pública da União em seu município.

      Excluir
  2. Meu filho foi diagnosticado com f84.1 q é autista e f90.1 ele recebe algum auxílio

    ResponderExcluir
  3. minha filha recebe o beneficio devido encefalopatia crônica desde quando ela nasceu e agora descobrimos que nosso filho mais velho tem autismo inclusive estou com laudo medico comprovando. so que se formos entrarmos com o recurso a renda não vai bater o que podemos fazer?

    ResponderExcluir
  4. Gostaria de saber pedi meu trabalho,pois precisava de levar ele nas terapias ele foi diagnosticado com autismo F84 e F90 gostaria d e recorrer ao Loas.So que meu esposo trabalha,so que com o salário que ele recebe não consigo fazer outros tramentos,o que devo fazer?Peço conselho.

    ResponderExcluir
  5. Gostaria de saber pedi meu trabalho,pois precisava de levar ele nas terapias ele foi diagnosticado com autismo F84 e F90 gostaria d e recorrer ao Loas.So que meu esposo trabalha,so que com o salário que ele recebe não consigo fazer outros tramentos,o que devo fazer?Peço conselho.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. olá Cris ,cada caso é um caso mas procure o INSS pois o benefício é para a criança e acredito que consiga sim,
      Além de comprovar a deficiência, para ter direito ao benefício é necessário que a renda por pessoa do grupo familiar seja inferior a 1/4 do salário-mínimo – hoje seria menos que R$ 197,00 por pessoa. Esta renda será avaliada considerando o salário do beneficiário, do esposo(a) ou companheiro(a), dos pais, da madrasta ou do padrasto, dos irmãos solteiros, dos filhos e enteados solteiros e os menores tutelados, desde que residam na mesma casa.

      Por se tratar de um benefício assistencial, não é necessário ter contribuído para o INSS para ter direito a ele. No entanto, este benefício não paga 13º salário e não deixa pensão por morte.
      1º – Informe-se no CRAS (Centro de Referência de Assistência Social – Informe-se nas APAES ou Centros de Amparo à Pessoa com Deficiência) mais próximo – Inicialmente, o cidadão ou seu representante legal poderá procurar o CRAS mais próximo da sua residência para esclarecer dúvidas sobre os critérios do benefício e sobre sua renda familiar, além de receber orientação sobre o preenchimento dos formulários necessários.


      2º – Agende seu Atendimento – Para solicitar o benefício assistencial à Pessoa com Deficiência você precisa agendar o atendimento, o que pode ser feito diretamente pela Internet ou pelo telefone 135. Depois disso, é só comparecer ao INSS na data e hora agendadas.
      beijoo e boa sorte

      Excluir

Todo comentário é bem vindo! minha intenção é passar toda minha experiência e trajetória vividas com nosso filho autista! Qualquer dúvida estamos a disposição para poder ajudar!
Renata e Alexandre