segunda-feira, 30 de abril de 2012

Projeto “A Fada do Dente”

Projeto "A Fada do Dente"





Projeto “A Fada do Dente”
projetoafadadodente@yahoo.com.br 

O projeto “A fada do dente” é um projeto desenvolvido por professores e pesquisadores da Universidade de São Paulo (USP), em São Paulo, em parceria com pesquisadores da Universidade da Califórnia (USCD), em San Diego, USA.

O objetivo inicial deste projeto é usar células de pacientes diagnosticados com Transtorno do Espectro Autista (TEA) para estudar o autismo, e posteriormente, testar medicamentos para melhora do quadro clinico da doença.

Como iremos fazer isso?

A partir da doação de dentes destes pacientes nós isolaremos as células da polpa do dente desta pessoa e então será possível produzir no laboratório em uma plaquinha de plástico neurônios, que são as células do cérebro. Esses neurônios serão investigados profundamente no laboratório e comparados com os neurônios de uma pessoa que não tem TEA. Essa comparação pode nos dar uma idéia de como os neurônios de alguém com TEA funcionam e assim vamos montando todas as peças do quebra-cabeça para tentar entender como o transtorno se manifesta.

Além disso, em um segundo momento, podemos também testar medicamentos nesses neurônios no laboratório, e assim verificar qual medicamento poderá ter um efeito benéfico.

Para fazer tudo isso, precisamos muito da ajuda das pessoas com TEA, de seus pais ou responsáveis, pois é a partir da doação deste dente que poderemos avançar nas pesquisas científicas.

Lembrem-se que vocês são uma parte muito importante e fundamental para essa pesquisa!

Para participar deste projeto é muito fácil, basta você seguir os passos abaixo:

1- Para participar da pesquisa, basta entrar em contato com o pesquisador responsável pela pesquisa no Brasil, como informado abaixo ou qualquer membro da sua equipe. O grupo de pesquisadores irá lhe enviar um kit para a coleta do dente quando ele estiver mole.
2- No kit vocês recebem um frasquinho contendo um liquido rosa e gelo reciclável. Logo que recebê-lo você deve colocar o frasquinho na geladeira e o gelo no freezer. É importante que mantenha o gelo no freezer, congelado, para que quando for nos enviar o dente, possa colocá-lo novamente na caixa de isopor garantindo que ele chegará no laboratório gelado e em boas condições para a coleta das células.
3- Quando o dente cair, você deverá colocá-lo rapidamente dentro do frasquinho fornecido e guardá-lo na geladeira. Depois, ligue imediatamente para o pesquisador para avisar que o dente caiu, para agilizarmos a coleta. Isso aumenta as chances de que as células continuem vivas para que possamos extraí-las no laboratório. É o “recheio” do dentinho que nós usaremos portanto caso queiram o dente de volta e só comunicar o pesquisador no momento da coleta.
4- Nunca congele o dente, mantenha-o sempre na geladeira.
5- Nunca deixe o dente secando, pois isso mata as células que estão no interior do dente.
6- Se acontecer do dente cair num local que você está sem o kit “fada do dente”, coloque-o num copo, ou recipiente contendo água filtrada e se possível deixe-o na geladeira. Assim que possível transfira-o para o frasquinho fornecido.
7- Importante: as células devem ser extraídas até 48 hs depois que o dente caiu, por isso, avise imediatamente aos pesquisadores quando o dente cair, em qualquer um dos telefones abaixo.
8- Essa pesquisa possui aprovação de um comite científico de pesquisa, então junto com o kit “fada do dente” enviamos um “termo de consentimento livre e esclarecido” que você deve ler, questionar caso tenha dúvidas e assinar no momento da doação. Esse termo garante ao doador que seus dados permanecerão em sigilo e não serão revelados pelos pesquisadores e também que o dente somente será usado para fins dessa pesquisa científica.
Contatos:
Profa. Dra Patrícia Beltrão Braga: (11) 3091-1417/ 9104-8006
Dra Graciela Pignatari: (11) 3091-1417/8447-8723
Fabiele Russo: (11) 3091-1417/8221-5358
Isabella Fernandes: (11) 3091-1417/9801-8606

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Todo comentário é bem vindo! minha intenção é passar toda minha experiência e trajetória vividas com nosso filho autista! Qualquer dúvida estamos a disposição para poder ajudar!
Renata e Alexandre