domingo, 3 de junho de 2012

Oliver a Caminho da Cura com Homeopatia- Parte2

A osteopatia e o primeiro remédio homeopático

Como Oliver ainda não fala, decidimos iniciar o processo do seu diagnóstico. Aqui na Inglaterra, a criança precisa passar pelo otorrino e pela fono, obrigatoriamente, antes de ir ao pediatra. Na otorrino para verificar se a audição está perfeita. E a dele está. Depois tivemos a consulta com a fono. E então as nossas suspeitas começaram a se materializar. Sem saber explicar por que o Oliver não fala, a fono pediu uma avaliação mais profunda, que será feita em junho de 2012.

Em seguida, eu li sobre os benefícios da osteopatia cranial e encontrei o Ostheopathic Center for Children em Londres e eles foram maravilhosos. Desde a primeira consulta, o contato visual do Oliver melhorou de quase nenhum a talvez 70%, foi como um milagre. O nosso coração se encheu de alegria e esperança!!!

No mesmo dia da consulta, ele passou a tomar só leite de cabra. A proteína do leite de vaca pode afetar negativamente estas crianças cujo sistema imunológico já está tão afetado. Não sei dizer se isto o tem ajudado, é possível. Ao começar tudo ao mesmo tempo, fica difícil definir exatamente a qual tratamento se deve o mérito maior. Enfim.

Uma semana depois, no final de março de 2012, vimos uma homeopata clássica. E então o Oliver tomou o seu primeiro remédio que consistiu simplesmente em 2 glóbulos em dois dias seguidos. A reação que ele teve ao remédio foi espantosa, e em principio durou uma semana mas notamos outras reações ao longo do mês todo abril de 2012. Eu expliquei sobre o funcionamento da homeopatia neste post anterior, e há muita informação disponivel na internet. O fato é que a agravação dos sintomas do paciente é sinal de que o remédio foi bem escolhido e está havendo cura, que sempre acontece de dentro pra fora, levando os sintomas para superfície. Não é de surpreender que o paciente tenha febre, o nariz escorra, tenha diarreia, erupções na pele: são as maravilhas da homeopatia entrando em ação, curando os órgãos internos, restabelecendo o sistema imunológico.

Em apenas um mês a afetividade dele conosco mudou. Uma criança que nunca correu para os meus braços, que nunca nos deu um beijo ou abraço quando pediamos, agora distribui abraços e beijos, corre para os meus braços quando chega em casa. Tornou-se uma criança afetuosa que sempre quisemos ver e nunca vimos!!! 

O Oliver só tomou este primeiro remédio, há um mês. Vamos interromper a homeopatia sozinha porque decidimos começar imediatamente a desintoxicação das vacinas. Para depois voltar a homeopatia. Há muitos casos de cura somente com a homeopatia, como você pode ler aqui e aqui. Mas a desintoxicação das vacinas de forma homeopática - a terapia CEASE - nos parece o método mais certeiro agora.

E lá vamos nós, com muita fé!

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Todo comentário é bem vindo! minha intenção é passar toda minha experiência e trajetória vividas com nosso filho autista! Qualquer dúvida estamos a disposição para poder ajudar!
Renata e Alexandre